Casas

A CASA É PEQUENA MAS O AMOR É IMENSO – FOLHAS BORDADAS – CLARICE BORIAN – IDEIA DIY

Clarice mora na edícula de uma casa e ela borda folhas! Isso mesmo você não entendeu errado, ela pega folhas secas que caem de árvores e borda palavras positivas com linha e agulha.

https://www.google.com/url?hl=pt-BR&q=https://youtu.be/nbVCwG7Rel4&source=gmail&ust=1518838717082000&usg=AFQjCNEpBYriA2PB_eHWd08YrpoqjPOGLg

 

Você quer algo mais fantástico que isso? Esse trabalho dela é para nos inspirar a pegar palavras e tentar entender elas da forma mais ampla possível. E como eu estava lá, Clarice me presenteou com alguns dos seus trabalhos:

Clarice usa seu lar para diversas funções: lojinha, estoque, casa, ateliê…

Quando entrei, percebi um móvel lindo que representa um abraço. Ele é todo pintado com cores vibrantes e tem mais de 20 anos, uma obra de arte impressionante. Além da aparência que nos encanta ele solta uma melodia

A partir desse armário ela me conta quando conviveu muito com o nordeste e mostra as coisas vindas de lá que foram presentes de amizade que ela fez:

Passando para o quarto eu me encanto com uma colcha mexicana incrível!
E no banheiro simples, ela deu seu toque de criatividade com um galho onde ela pendura algumas das folhas que ela borda

Finalmente mostramos seu grande segredo que na verdade é seu cuidado e carinho com as folhas ao bordá-las. Essa devida atenção não as deixa quebrar nem rasgar. É simplesmente incrível!

Clarice nos inspira a ser positivos e nos mostra que tem como sim, olhar sempre o lado bom de tudo. Em cada cantinho dessa casa tem uma frase de impulso e encorajamento para sentirmos bem com nós mesmos, e ela conta que às vezes achamos que precisamos fazer muita coisa quando no momento única coisa que precisamos fazer é RESPIRAR!

Deixo vocês agora com essa mulher cheia de vida, tenho certeza que vão se apaixonar por ela assim como eu me apaixonei.

Sempre existiram. Pessoas, lugares, encontros. Sempre existiram. Tangíveis, palpáveis, inimagináveis. Sempre existiram. Criações, intenções, ilusões. Sempre existiram. Existem, sempre existirão. Cenas que não são vistas somente com os olhos.

Write A Comment