Casas

A CASA MAIS LOUCA QUE JÁ TE MOSTREI – UMA CASA ANTIGA EM RUÍNAS, MAS COM MUITO DESIGN MODERNO

Oieee, tudo bem? Esse é um daqueles vídeos de cair o queixo! Uma casa antiga de 1940 em ruínas e que foi transformada de forma muito inusitada em uma casa com design moderno, respeitando a construção original e mantendo grande parte de sua história.

O dono da casa e criador desse projeto único, Sérgio Cabral, é um dos maiores expoentes do design nacional.

O quarto dele fica em um lugar simplesmente incrível. Acompanhe!

A ideia do projeto era manter a casa com suas “ruínas” originais, ao invés de reformar. Os rebocos que sobreviveram, ficaram, mas nada foi restaurado.

Mergulhado em tantas referências modernas de design, o Sérgio, que também é professor, escolheu salvar e enaltecer a história dessa construção.

“É um experimento que eu queria descobrir o limite”, diz ele. Para contrastar e não ficar 100% rústico, o Sérgio escolheu esse piso azul pintado com tinta epóxi autonivelante.

Infinitas possibilidades de criação foram aparecendo. Muitos móveis são peças de garimpo, inclusive herança de família. Veja como ele brincou com os níveis dos tijolinhos e aproveitou para criar um momento em cada cantinho.

“O cenário já existia e eu ocupei”, diz Sérgio. Essa foi a primeira cadeira que ele fez de papelão, originando uma série de mobiliário desse material.

Essa é a sala-oficina do Sérgio, que diz estar aproveitando a possibilidade de trabalhar em qualquer lugar, não somente em casa ou no estúdio. Tem peças em criação lindas vindo por aí!

A cozinha tem um astral super brasileiro e mistura o piso original com mobiliário moderno e desenhos de artistas atuais.

Adorei a porta para a área externa, que abre em diferentes lugares, inclusive com passagem exclusiva para o lindo do Fusca.

Uma casa cheia de poesia. O quintal é outro campo de experiências, onde ele usou até material da laje para criar um banco! E cadê o quarto? Se prepare…

Ele construiu uma suíte na árvore! Uaaaaaau!

O Sérgio adora experimentar e misturar materiais. Repare como a parede do quarto é feita de madeirite, daqueles de obra mesmo. As cadeiras foram produção dele também.

O box de banheiro mais criativo que você já viu: um contêiner de transporte e uma caixa d’água totalmente ressignificados. Parece que estamos de férias nessa casa.

Separando o quarto da casa, o Sérgio consegue ter esse momento significativo no dia em que ele encerra o trabalho, atravessa um jardim e se recolhe para dormir. Que astral!

Acompanhe o trabalho do Sérgio Cabral no instagram:
https://www.instagram.com/osergiocabral/

Lembre-se de se inscrever aqui no canal: https://goo.gl/aFe7h9

Me siga no instagram: https://www.instagram.com/lifebylufe/

e no site: https://lifebylufe.com/

Sigamos juntos!

Sempre existiram. Pessoas, lugares, encontros. Sempre existiram. Tangíveis, palpáveis, inimagináveis. Sempre existiram. Criações, intenções, ilusões. Sempre existiram. Existem, sempre existirão. Cenas que não são vistas somente com os olhos.

Write A Comment