Casas

CASA SURPREENDENTE EM OÁSIS DO MARROCOS

Uma casa surpreendente em oásis do Marrocos. Eu conheci um Ksar chamado Ait Ben Haddou, que é uma cidadela fortificada tradicional na cultura Berbere.

Assista ao vídeo do canal:

Ait Ben Haddou é um dos Ksars mais lindos do país e era parada estratégica das caravanas nos oásis entre o deserto do Saara a Marrakech. Foi lá que conheci o Mohamed e fui visitar a sua casa.

Dentro dos Ksars existem os Kasbahs que são construções maiores, com quatro torres. Normalmente feitos somente com madeira, barro e palha.

Mesmo feitos de barro, eram erguidos verdadeiros prédios com três ou quatro andares.

Tive o privilégio de conhecer o Mohamed que nos hospedou em seu Kasbah original, no meio do oásis, e que está em sua família há cerca de 400 anos.

Viaje comigo nestas fotos e observe os detalhes da construção.

Veja como ele reformou preservando a história e transformando esta construção em uma pousada simples e ao mesmo tempo luxuosa pela originalidade.

Ali não há luz elétrica. Somente velas e gás, o que dá um charme a mais a este lugar em um oásis fértil, mas cercado de deserto e aridez por todos os lados.

Repare nos tapetes, na forma irregular da construção feita à mão.

O  chá é tradicional e servido várias vezes ao dia.

Fiquei encantado com a delicadeza do Mohamed cozinhando uma tajine marroquina por mais de duas horas para nos servir a luz de velas no jantar.

Ali tudo é feito por eles para nos proporcionar o melhor que a cultura Berbere consegue preservar.

Ait Ben Haddou é tombada pela UNESCO por seu valor histórico. Somente 5 famílias ainda vivem ali. Os outros se mudaram para o outro lado do oásis, com a chegada das construções em alvenaria, abandonando as construções de barro que parecem se dissolver como chocolate.

                                  

Mohamed vem mantendo aos poucos a tradição de seu povo e espalhando para o mundo sua forma original e inesquecível de receber.

Veja mais fotos e informações no Alexandre Disaro, do blog Viver a Viagem

 

 

Sempre existiram. Pessoas, lugares, encontros. Sempre existiram. Tangíveis, palpáveis, inimagináveis. Sempre existiram. Criações, intenções, ilusões. Sempre existiram. Existem, sempre existirão. Cenas que não são vistas somente com os olhos.

Write A Comment