Casas

DECORAR BEM COM O POSSÍVEL – ELE USA A CASA E A DECOR COMO TERAPIA E DEIXA TUDO COLORIDO E VIBRANTE

Oieee, tudo bem? Esse é mais do que um vídeo de casa e decoração. Ao visitar o gaúcho Eduardo Ruiz em Bagé no RS, encontrei uma casa onde cada cômodo é de uma cor vibrante, cada objeto tem muitos significados, cada garimpo conta histórias da avó, da tia, da mãe talentosa.

Ele arrasou na construção de uma cozinha onde antes não havia nada, e ao encarar a casa e a decoração como uma verdadeira terapia. O Eduardo decora, faz a arte do possível no momento e sabe o que mais? Ele arrasa do seu jeito. Assista se divertindo nessa casa cheia de surpresas.

O Edu falou uma coisa que adorei: fazer a ARTE DO POSSÍVEL. “Eu não vou ficar esperando minha vida melhorar, meu salário aumentar, para poder decorar minha casa, um lugar que eu passo tanto tempo. Quero que seja agradável, bonito, colorido, com as coisas que são possíveis, que eu acho ou ganho”, diz ele.

Uma grande inspiração para nós percebermos que temos que experimentar, usar o que temos em casa, o que ganhamos dos amigos, achamos na rua, e decorar com muita criatividade. Um simples desenho que deu errado pode se tornar a grande obra de arte da sua casa. E por que não?

“A minha casa não é só o lugar que eu moro. É a minha TERAPIA”.

@perfildoeduardo

Para conhecer mais sobre o Eduardo Ruiz, siga no instagram: https://www.instagram.com/perfildoeduardo/

Quer participar dessa série onde visito seguidores online?
—- FORMULÁRIO —–
LINK para formulário de inscrição para participar da série
https://forms.gle/bZXc8Wx8aPVzN2AP7

Lembre-se de se inscrever aqui no canal:
https://www.youtube.com/lifebylufe

Ah… quer comprar meu livro fotográfico “Life by Lufe – Onde vive você?” clique aqui: https://amzn.to/2YTsOgc
Quer o livro Café com Lufe? https://bit.ly/CafecomLufe

Sigamos juntos!

Sempre existiram. Pessoas, lugares, encontros. Sempre existiram. Tangíveis, palpáveis, inimagináveis. Sempre existiram. Criações, intenções, ilusões. Sempre existiram. Existem, sempre existirão. Cenas que não são vistas somente com os olhos.

Comments are closed.