Casas

CASA BEM PEQUENA REFORMADA COM MUITA CRIATIVIDADE E ECONOMIA DIY

Nesse episódio da série Pequenos Apartamentos vou mostrar uma forma muito diferente de morar e trabalhar, criada por quatro jovens talentosos e inspiradores. É o Cafofo do Dani!

Dessa vez visito uma pequena casa em Florianópolis que foi toda feita pelos amigos Karla, Dani, Johnatan e Leonardo. Quando digo feita por eles, quero dizer literalmente. Eles reformaram tudo e fizeram vários móveis na casa com as próprias mãos.

Ô de casa! To entrando!

A série PEQUENOS APARTAMENTOS é apresentada pela LEROY MERLIN.

Entrando na sala já conseguimos ver a casa inteira: são aproximadamente 35m2 onde trabalham os quatro amigos do DIYCORE COM KARLA AMADORI, um canal do Youtube que ensina a fazer vários móveis e objetos com as próprias mãos e dá muitas dicas incríveis de decoração. Se você ainda não conhece, prepare-se para AMAR!

A parede da sala é de tirar o fôlego. A pintura ombré feita perfeitamenta pela Karla criou um degradê azul familiar. O Dani já contou que tem uma conexão especial com o mar e que azul é sua cor preferida.

O sofá estilo tatame é de compensado desenhado e construído por eles mesmos, com objetivo de ser mais confortável. O Johnatan contou que é o cantinho preferido dele na casa.

As prateleiras laterais foram montadas com uma cremalheira, que possibilita mudá-las de altura, adicionar mais ou retirar quando quiser. Ali, os livros organizados por cores divididem espaço com lindos vasinhos de plantas.

Aliás, o Dani é dos meus: as plantas estão espalhadas em todo o ambiente, inclusive nas fotos dos quadros! Esse é apaixonado mesmo! Pendurados na parede degradê ou expostos nas prateleiras, o grupo colocou objetos de decoração que são a essência de quem vive: a palavra “afeto”, lembranças de viagem, amuletos, bandeirolas do mar, penas que encontraram na rua. “Aqui é o coração de proteção da casa” conta Dani.

Um destaque incrível é a mesa de centro projetada por eles mesmos em madeira e ferro, uma mistura que adoro. Atenção para a delicadeza: eles criaram um nicho na mesa para caber mais vasinhos. “Tudo aqui é voltado pra planta”, conta Johnatan. Que amor!

Aqui eles apostaram na divisão dos ambientes por cores. A sala é azul para remeter ao mar. Inclusive, eles pintaram um deck de madeira e colocaram de pé na parede para criar um outro cantinho especial. O Dani contou que aqui é o cantinho favorito dele na casa.
Ah, dois sucessos do canal DIYCORE: a mesa cubo e o galho que serve de apoio para o crescimento de plantas. Anota isso já!

O rack foi construído por eles também, com tijolo de concreto e compensado de madeira. É simples, barato e o resultado fica cheio de personalidade. Mais objetos de afetividade dividem o espaço do rack com as plantas, além da TV que fica nessa parede também.

A Karla contou que no cantinho antes de chegar na cozinha eles haviam construído um jardim vertical, mas que as plantas não se adaptaram. A solução foi criar um cantinho místico, bastante ligado à personalidade espiritualizada do Dani. Ali, objetos delicados ficam dispostos em suportes e pequenas prateleiras numa parede bordô. Lindo, lindo!

Isso nos mostra como é importante estar abertx para mudar sempre que preciso. Muitas vezes, a resposta não está nas tendências de decoração, e sim, na essência de quem vive e mora ali. Inspirador!

O conceito aberto foi utilizado na cozinha por uma necessidade prática. “Eu gosto de agilidade na hora de fazer comida”, conta Dani. A cor desse ambiente é cinza, inclusive no teto. “Aqui a gente quis fazer o retângulo da cozinha, pra criar um ambiente intimista e ao mesmo tempo acolhedor”, explica Karla.

O toque acolhedor vem do trilho de luzes no teto e dos pendentes de concreto que eles mesmos fizeram.

Tudo fica ao alcance de quem está cozinhando de forma bem rápida e prática. Aqui, eles também usaram o painel organizador estilo PEGBOARD, que possibilita montar as prateleiras como quiser. No pequeno apartamento do Taniel Toy, vimos que ele tem um na lateral da geladeira com mini prateleiras. Aqui, o pegboard ocupa quase a parede inteira.

Anota essa dica: o mesmo recurso pode ter diferentes aplicações, dependendo da necessidade.

Os ladrinhos coloridos conversam com o tom amadeirado presente em vários elementos, e tudo conspira para aquecer o ambiente. Um charme sem fim!!

O ponto alto na cozinha com certeza é a bancada de madeira pequiá, propositalmente irregular na parte da frente, o que traz uma rusticidade maravilhosa. O cantinho preferido do Leo na pequena casa. Claro, eles mesmos projetaram. Inclusive, todo o processo está documentado no canal DIYCORE do Youtube.

Apoiado em uma estrutura de ferro, esse tampo enorme da bancada precisou de cinco homens para colocar no lugar. Depois, a Karla fez os cortes para cuba e cooktop e montou tudo com ajuda dos meninos. Todo esse trabalho valeu a pena! Ficou de gritar!

A mesma madeira foi usada na mesa, em uma solução que vimos também no pequeno apartamento da Helena: manter o tampo da mesa ou balcão antigo e colar o novo por cima, ao invés de remover. Estratégia é tudo quando se quer praticidade e economia.

Seguimos para o banheiro. Eu já fui em muitas casas pelo mundo, mas nunca tinha visto alguém colocar escada em cima do vaso sanitário, só vi apoiada nas paredes laterais. Se liga no aproveitamento de espaço! O Dani já aproveitou para encher de plantas e objetos de decoração.

Vamos para o quarto do Dani e do Leo.

O tema aqui era usar texturas orgânicas e naturais, como a palha indiana da cabeceira da cama, os fios de tecido pendurados e o chapéu de palha. Sente a leveza: a porta branca tem vidro transparente e nunca precisa ser fechada.

“A gente veio com uma explosão de cores. Tem muito do Leo e do Dani. O quarto também tem delimitação por cores, assim como a casa”, conta a Karla. A paleta de cores é incrível. O vermelho vivo na parede faz composição com os detalhes em verde, mostarda e azul da cama.

O criado mudo é mais uma criação de marcenaria do grupo. Apaixonante!

O guarda-roupa também é de marcenaria com conceito todo aberto. Embaixo do espelho, um sapateiro grande com estofado em cima, que também pode ser usado como banco.

Em todos os pequenos apartamentos que visitei desde o começo dessa série, encontrei incríveis soluções como essa, em que um objeto ou móvel tem mais de uma utilidade. É uma das principais dicas que aparecem, então fique atento!

Onde a parede é pintada de azul, fica o escritório, o cantinho preferido da Karla na casa. Quem usa para trabalhar é o Leo, mas quem cuida das plantas é o Dani, claro! “A ideia era trazer as plantas pra dentro do quarto e acabar com aquele mito que não pode ter planta no quarto senão a pessoa morre”, brinca Dani.

Eles colocaram uma grade na parede para apoiar mais prateleiras e plantas, cada uma de um jeito.

De acordo com a sua criatividade, você pode comprar os materiais na própria Leroy Merlin e criar suas prateleiras do estilo que quiser: com mão francesa, gancho, linha, etc. Ou comprar prateleiras prontas entre os mais variados modelos e apenas instalar, é claro! Inclusive você também encontra as próprias plantas na Leroy.

O quadrinho “minhas plantas, minhas regras” deixou o recado. Falando em regra, veja como você mesmo pode usar cores para criar suas próprias regras de delimitação de espaço, como eles fizeram com o azul e o vermelho.

Visitar essa galera foi como viajar e ficar de férias. Fiquei muito feliz de finalmente conhecer a Karla e a galera do Cafofo do Dani. Fique de olho no projeto DIYCORE e se inspire!

Abaixo te conto minhas inspirações para você passar no site ou nas lojas da Leroy Merlin e decorar a sua casa.

Painel na parede: feito usando decks de madeira que normalmente são usados somente no piso. Eles pintaram de azul e ficou LINDO!

Painel no escritório: feito usando grade, ganchos, mini prateleiras e vasinhos com plantas. Ficou escândalo de lindo!

Muitas soluções de decoração foram feitas com pinturas estratégias. Para pintar qualquer superfície na sua casa, é só escolher a cor:

Gostou da visita? Clique aqui e aproveite para conhecer outros apartamentos pequenos com muitas ideias criativas.


A série PEQUENOS APARTAMENTOS é apresentada pela LEROY MERLIN, que abraçou esse projeto com amor, pois assim como eu, acredita que nossas casas, independente do tamanho, são um reflexo de quem somos e cada detalhe pode e deve contar um pouco de nossas histórias de vida.

Sempre existiram. Pessoas, lugares, encontros. Sempre existiram. Tangíveis, palpáveis, inimagináveis. Sempre existiram. Criações, intenções, ilusões. Sempre existiram. Existem, sempre existirão. Cenas que não são vistas somente com os olhos.

Write A Comment