CasasPequenos Apartamentos

ELA DECIDIU VIVER COM MENOS E CHAMA SEU PEQUENO APARTAMENTO DE CÁPSULA – ENTENDA ESSE CONCEITO

Por agosto 14, 2019 Sem Comentários

No episódio 8 da série PEQUENOS APARTAMENTOS, fui visitar o apartamento da Carol Doná, uma seguidora querida aqui do canal. Tem algo mais especial?

A Carol me disse que morava em um apartamento “cápsula” de 35m2 e que era especialista em viver com menos em pequenos espaços. Fiquei super curioso!

O que encontrei lá foi muito mais que um apartamento cheio de ideias de decoração, mas uma super dose de novos pensamentos e novas formas de morar.

A série PEQUENOS APARTAMENTOS é apresentada pela LEROY MERLIN.

A Carol mora com o companheiro Ângelo e com a cachorrinha Chanel no apartamento todo aberto estilo LOFT. Mas por que ela chama de casa cápsula?

“Cápsula é um termo que vem da cápsula do armário, que é ter poucas peças que combinem entre si. A minha casa é bem isso: eu tenho poucas peças, mas tudo o que eu tenho eu uso, e os espaços combinam entre si”, explica Carol.

Ou seja, cápsula significa ter apenas o necessário, o que é realmente importante.

Você pode aplicar esse conceito na sua casa, ou em apenas um cômodo, no seu quarto ou escritório. É um conceito simples de aproveitamento de espaço que eu adorei.

“Quando eu me desfiz das coisas na Marie Kondo, comecei a ficar mais leve, usar mais minhas roupas, ler mais os meus livros, usar mais os cantos da minha casa. Comecei a ter mais experiências, aproveitar mais o ser e não o ter, estar mais aberta para conhecer pessoas. Fez uma mudança muito legal nesse sentido”, explica ela feliz.

Você já percebeu que nossas conversas vão muito além de decoração né? Presta atenção!

Cheia de sorrisos e depois dessa aula de conceito, a Carol começou nossa visita pela parte da cozinha. O amarelo mostarda nas paredes nos recebe com alegria. O fogão por indução ocupa pouco espaço, tem só duas bocas e é portátil, ou seja, não precisou furar a bancada.

Na geladeira, fotos do casamento e frases positivas. Aliás, ela adora e espalhou frases pelo apartamento inteiro. Muito fofa, ela adora flores, branco e rococó.

“Tentei lutar contra isso de ser menininha, mas é minha essência”, brinca ela, mostrando a linda mesa de café que preparou para nós. Aliás, até a cafeteira é pequenina e fofa como a Carol.

Chegando na sala, ela conta que o sofá foi reaproveitado do escritório, mas não é sofá-cama como costumamos ver nos outros episódios de PEQUENOS APARTAMENTOS. Ela diz que não faz falta e as visitas dormem no colchão inflável.

A Carol também usa banquetas em alguns pontos estratégicos da casa, como na frente do sofá para colocar o pé e relaxar. As cadeiras dobráveis ficam guardadas para receber visitas. Um móvel vermelho bem moderno é usado como bar e para acolher diversos livros. Multi utilidades, como em todo pequeno espaço. Todos esses elementos você encontra facilmente na Leroy.

O aspirador de pó acabou virando peça de decoração também. Dependendo do olhar e da disposição, até o que é comum se torna composição do ambiente. Um teclado dá o toque moderno na sala.

O tapete delimita a área da sala e o rack, do quarto. A TV pregada na parede gira para ambos os lados, portanto, onde você estiver no apê consegue assistir.

No quarto do casal, a cor escolhida para a parede foi cinza. Com pontos estratégicos de iluminação, a Carol conseguiu trazer aconchego para o ambiente.

Na cabeceira, um garimpo de diferentes espelhos pequenos pintados de branco fazem uma composição delicada e cheia de personalidade. Ela também fez um varal de luzes em formato de flores. Fofo demais!

O criado mudo é uma sapateira bem antiga que era da avó da Carol. Ela pintou de branco e deixou bem pertinho, do seu lado da cama.

“Aqui foi a gente que fez tudo. Eu que furei, pintei, bati os pregos, fiz os improvisos”, conta Carol.

Quando fomos para o banheiro, a Carol compartilhou comigo uma ideia super importante que vai além da decoração.

“Eu não gosto de consumir nenhum tipo de embalagem porque é algo que vou trazer pra casa e jogar fora. Vai ficar pouco tempo comigo, e vou descartar. Infelizmente quando a gente compra pela internet é inevitável. Então a embalagem veio e eu recortei, colei e fiz uma montagem” conta ela orgulhosa dos quadrinhos lindos que colocou no banheiro.

Sustentabilidade e decoração podem ser melhores amigas sim!

O home-office foi projetado na varanda, mas ela manteve a porta externa para preservar a acústica. Um armário pintado por ela mesma de preto foi a escolha para manter a organização, e a estante linda e super moderna foi desenhada pela própria Carol. O material? Garimpo da caçamba. Arrasou!

A Carol explica pra gente que o importante sobre a sustentabilidade é a escolha consciente dos materiais que serão utilizados no seu projeto e sempre evitar o descarte a curto prazo. Se for preciso usar plástico, por exemplo, precisamos planejar quanto tempo vamos ficar com aquilo e como vamos devolver para a natureza. Reflita sobre isso!

Aqui até os cachepôs das plantas são sacolas super charmosas reaproveitadas. Adorei a ideia.

Por fim, sentei a Carol no sofá e pedi pra ela explicar o que é o conceito da Neuro Arquitetura.

“Primeiro temos que pensar que vivemos numa cidade muito estressante. Então, podemos refletir sobre a acústica do local que vamos viver ou trabalhar; a iluminação tem que ser natural ou representar o máximo possível nas luzes quentes ou neutras; o significado das cores das paredes; texturas de materiais; e a biofilia, que significa a planta em casa. Nós vivemos em sociedade moderna, mas somos seres primitivos. Precisamos de biofilia, das plantas. Cuidar da planta é um momento de relaxar e meditar, desligar o cérebro e se conectar com a natureza. Também uma dica para quem gosta é criar um cantinho de meditação. Um lugar calmo, onde você pode acender um incenso, colocar uma música relaxante e meditar. Eu aconselho todo mundo a fazer isso de manhã”, explica Carol com todo amor.

Ou seja, segundo a Neuro Arquitetura, nossa casa precisa representar os nossos sentimentos mais humanos: conforto, toque, som, luz e sentimento de pertencimento à natureza.

“Tenha na sua casa tudo o que te representa. Casa é sobre acolhimento. Trate sua casa com amor que ela retribui com amor”, finaliza Carol.

@dona.engenharia

Uau! Que episódio! É incrível como nos conectamos com pessoas interessantes e cheias de vida. Vamos juntos além da decoração, descobrir como viver de forma mais sustentável e feliz. Obrigado pela companhia!

Siga essa fofa da Carol: @dona.engenharia

A Série Pequenos Apartamentos é apresentada pela Leroy Merlin e no apartamento da Carol eu encontrei várias dicas incríveis que você pode encontrar na Leroy:

Gostou da visita? Clique aqui e aproveite para conhecer outros apartamentos pequenos com muitas ideias criativas.


A série PEQUENOS APARTAMENTOS é apresentada pela LEROY MERLIN, que abraçou esse projeto com amor, pois assim como eu, acredita que nossas casas, independente do tamanho, são um reflexo de quem somos e cada detalhe pode e deve contar um pouco de nossas histórias de vida.