Arte/Viagem

SEMPRE SONHEI VISITAR UMA CASA DIFERENTE ASSIM! EU CONSEGUI NO USBEQUISTÃO E VOCÊ VAI JUNTO COMIGO!

Fui para o Usbequistão em uma viagem recente e lá vivi uma história que sempre sonhei: conhecer uma casa tradicional e experimentar um ritual cultural deles, e o melhor, ainda gravar tudo para mostrar para você.

Na capital do Usbequistão, Tashkent (Tasquente), fui conhecer a casa dos recém-casados Mahmud e Zarofat. Uma decoração com muita atenção aos detalhes, onde o jovem casal conciliou a tradição com toques modernos.

Começamos tirando os sapatos e entrando pelo cômodo reservado para o hall, um costume muito comum nas casas daqui. Repare no teto, nos tapetes. As casas e a cultura são totalmente diferentes das nossas e isso por si só já me encanta.

As tradições culturais do Usbequistão pós-casamento são lindas, a noiva nos encantou com as roupas usadas enquanto estávamos lá. Além de nos cumprimentar com o famoso “salaam” e servir uma refeição cheia de carinho. Que experiência!

“Esse é o jeito Usbeque de receber os convidados”, diz Mahmud.

Nesse cômodo reservado para as refeições, os tecidos delicados e coloridos são o grande destaque. Além da comida, é claro!

Falando em convidados, o Mahmud explicou que esse cômodo é dedicado aos hóspedes e fica vazio para receber os amigos e parentes nas festividades. O tapete ocupa toda a sala e nós quase não conseguimos ver o piso, outro aspecto bem comum na cultura Usbeque.

Esse sistema de aquecimento antigo agora virou decoração, já que existem equipamentos mais modernos para aquecer a casa, além de manchar a parede por causa da fumaça.

A Zarofat nos recebeu com essa roupa linda, e o Mahmud explicou (ela não fala inglês) que ela pode trocar de trajes várias vezes ao dia, durante quase um mês depois do casamento. No final da visita, ela nos encantou com uma vestimenta dourada maravilhosa.

“Esses tipos de roupas que as mulheres sempre usaram agora têm estilos diferentes, mas mantém os materiais nacionais, tradicionais e com design moderno”, explica Mahmud.

“Quando a noiva chega em uma nova casa, dependendo da viabilidade, ela tem um ou dois cômodos pra ela. Um para o quarto e o outro para receber os convidados. Ela traz tudo, móveis, louças, toda a decoração”, explica Mahmud. Ou seja, tudo nesse cômodo veio do bom gosto da Zarofat.

No período depois do casamento, a mesa fica assim, arrumada e preparada para receber visitas a qualquer momento. Na parede, algumas preces do alcorão. Tudo é tão luxuoso!

Na casa inteira, o teto tem a mesma estrutura, mas as cores vão mudando. Adorei! Aqui no quarto do casal, mais cortinas maravilhosas e elegantes.

“Na nossa cultura, antes do casamento, amigas ou familiares da noiva vão até a sua nova casa, arrumam e decoram tudo como a noiva deseja”, explica Mahmud.

Atrás dessa cortina, eles guardam os travesseiros e roupas de cama, assim como no quarto de visitas. Também como nos outros cômodos, os tecidos têm estampas e texturas diferentes e ocupam a maior parte do piso e das paredes.

Assista a esse vídeo quase mágico para entender mais profundamente os costumes do casamento Usbeque, que tem muuuuuuita coisa que eu não fazia ideia!

Quando estivemos no Usbequistão, tivemos toda a assessoria de viagem de uma agência local que certamente fez a nossa viagem muito mais interessante e confortável. Se quiserem visitar essa parte do mundo (recomendo) podem entrar em contato com eles:

Tour Operator – Makhmudjon (Mahmud) Makhamanazirov
Phone: +998999076110
Instagram: ma7mouddxbuz
Agency contact details: East Asia Point (Travel agency)
Phone : +998712687752
Email: info@asia-point.uz and incoming2@asia-point.uz

http://www.letsgouzbekistan.com/
https://www.instagram.com/eastasiapoint_travel/
_____________________________________________________________

Lembre-se de se inscrever aqui no canal: https://goo.gl/aFe7h9

Sigamos juntos!

Sempre existiram. Pessoas, lugares, encontros. Sempre existiram. Tangíveis, palpáveis, inimagináveis. Sempre existiram. Criações, intenções, ilusões. Sempre existiram. Existem, sempre existirão. Cenas que não são vistas somente com os olhos.

Write A Comment